agências matrimoniais, traição, sites de encontros, classificados para solteiros - testamos para vocês
Logo: Teste sites de encontros, agências matrimoniais, anúncios para solteiros, anúncio erótico

Teste: Sites de encontros, agência matrimonial, anúncios eróticos, pulada de cerca,...

Novidades e testes das sites de encontros: Como funciona o speed dating

Home   |   Conselhos online dating   |   Novidades   |   Imprensa   |   Contacto

Novidades online dating do mundo dos solteiros em Portugal

15 de october de 2008

Como funciona o speed dating?

Talvez você já tenha ouvido falar de speed dating. Isto está tão impregnado na cultura popular do oeste norte-americano que, mesmo quem não está à procura de um amor, sabe o que é. O conceito foi introduzido no panorama dos encontros norte-americanos na virada do século XX pelo rabino Yaacov Deyo e sua esposa, Sue, que fundaram a sua própria agência, a SpeedDating. O serviço originou-se de uma antiga tradição judaica: ajudar jovens judeus solteiros a encontrarem suas almas gêmeas com a mesma fé. Esta tradição de criar um shiduch, ou um encontro, ditava que os jovens não se conhecessem até a hora do encontro amoroso.

Os speed dating modernos ainda estão enraizados no shiduch, mas com as agências formais de casamento substituindo o rabino e sua esposa como agentes casamenteiros. Estes serviços compilam os dados dos breves encontros entre os participantes e informam cada candidato dos resultados, permitindo que as partes interessadas que marcaram uma "compatibilidade" prossigam para outro encontro.

A agência de SpeedDating original ainda tem como objetivo ajudar os jovens judeus com um siduch. Outras, porém, estenderam seu escopo para incluir pessoas de todas as religiões, formas, tamanhos, interesses e orientações sexuais. A SpeedDating e suas derivações têm captado a imaginação da cultura popular, ajustando-se habilmente no ambiente apressado dos Estados Unidos do século XXI.

No ano de 2000, as técnicas de encontros se tornaram mania, expandindo-se rapidamente pelo resto do mundo ocidental, formando uma base sólida na Inglaterra e na Austrália. Embora sua grande popularidade nos Estados Unidos tenha diminuído nos últimos anos, tornou-se uma forma aceitável e estabelecida de encontros, sendo organizados em diversas cidades por todos os EUA.

Algumas indústrias até produzem queijos com o tema speed-dating, incluindo sites com dicas para um encontro rápido bem-sucedido. Um site oferece downloads de hipnose - adaptada para homens e mulheres - que afirmam ser uma influência tranqüilizante para criar a melhor atitude possível para um speed dating.

Então, o que é um speed dating e, mais especificamente, como isso funciona? Ou ainda mais importante, o speed dating funciona? Leia para aprender mais sobre esta antiga tradição judaica que tornou-se um fenômeno mundial.

As regras da atração

Há muitas empresas que já oferecem os serviços de speed-dating com as mais diferentes técnicas. Mas, enquanto alguns detalhes podem mudar de serviço para serviço, as regras gerais com respeito ao speed dating permanecem as mesmas.

Os eventos de speed-dating são muitas vezes organizados em restaurantes e bares, embora alguns ocorram em outros lugares, como nos grêmios estudantis. Pede-se que os participantes se registrem anteriormente para assegurar um proporção igual de homens e mulheres, embora alguns serviços agora ofereçam o registro na entrada. Estes eventos custam aproximadamente entre US$ 30 e US$ 40 por pessoa.

No evento, os participantes encontrarão mesas arranjadas para acomodar duas pessoas ao mesmo tempo. Um conjunto de participantes, geralmente as mulheres, ficam sentadas na mesma mesa, e o grupo oposto move-se de mesa em mesa. Este método de "salto" entre as mesas já foi comparado à "dança das cadeiras". A diferença é que, quando a campainha toca ou soa a buzina, o próximo assento em que o participante vai sentar já está pré-determinado. O participante do speed dating progride de mesa em mesa até que cada candidato tenha tido chance de se encontrar com todas.

Dependendo da agência, um speed date pode durar de três a oito minutos, embora alguns vão até 10 minutos. Ao final do encontro, cada candidato toma nota se gostaria de ver aquela pessoa novamente. Depois disso, o participante se move para a próxima mesa e um novo encontro começa.

O número de encontros organizados numa noite pode variar, mas a maioria das agências planeja 10 ou menos. A SpeedDating, a empresa original organizada por Yaacov Deyo, organiza sete encontros de sete minutos em um evento. Em menos de uma hora, cada pessoa tem sete chances de encontrar o amor de sua vida.

Depois do evento, os participantes entregam seus cartões de encontro para os organizadores. Eles podem ser contatados por e-mail no dia seguinte ou então se solicita para que entrem no site e registrem os nomes ou os números de identificação das pessoas que desejam ver novamente. Se dois candidatos tiverem registrado um interesse mútuo em se verem novamente, o par recebe as informações de contatos um do outro. A partir daí o casal pode se contatar e marcar outros encontros.

O 8 Minute Dating, uma agência de speed-dating de Boston, Massachusetts, mantém a política de que nenhum dos participantes pode pedir informações como o sobrenome ou número de telefone. Outros serviços pedem que os participantes do speed dating não discutam sobre o que se dedicam ou onde moram. A idéia é que o casal deve buscar uma conexão com base na atração mútua, em vez de apenas uma pessoa ficar insistindo com outra.

Empresas como a SpeedDating e outras similares, incluindo a Hurry Date e a 8 Minute Dating, podem organizar diferentes eventos de speed-dating agendados ao mesmo tempo em diversas cidades pela franquia de seus serviços. Os eventos são realizados por organizadores locais em nome da empresa. No final, a maioria dos sites para serviços de speed-dating possui uma página dedicada para quem deseja se tornar um organizador de eventos.

Na próxima seção, veremos como o speed dating pode ser personalizado de acordo com os interesses.

Principais dicas para speed dating

Há muitas dicas para você ficar seguro em ter o melhor speed dating possível. Algumas das principais dicas são:

  • para atrair alguém, os homens devem vestir azul e as mulheres, vermelho;
  • as mulheres devem usar essência de baunilha e canela para atrair os homens;
  • os homens podem aumentar suas chances usando essência de alcaçuz preta;
  • não fique bêbado;
  • sorria.

Speed dating especializado

Da mesma maneira que o conceito de speed dating por si próprio já é uma adaptação para ajudar o pessoal ocupado encontrar a pessoa certa, este pode ser ainda mais personalizado. A maioria dos serviços de speed-dating oferecem eventos especializados. Alguns buscam combinar homens altos para mulheres pequenas; outros são organizados especificamente para membros do cristianismo, judaísmo, islamismo e outras crenças. Outros ainda são projetados para pessoas que compartilham um amor por peças e musicais da Broadway, que possuem habilidades especiais e singulares, para viciados em iPod, para pais solteiros e até mesmo para milionários (em inglês).

Por planejarem eventos para pessoas que já têm ao menos uma coisa em comum, organizadores asseguram que há uma chance maior de encontrar um parceiro. Por exemplo, um evento de "atletas solteiros" produzirá uma conexão maior entre duas pessoas com base no seu prazer compartilhado por um esporte particular.

Contudo, todos os eventos de speed-dating têm restrições de idade. Alguns possuem uma ampla abrangência, enquanto outros só exigem que os participantes tenham 21 anos ou mais, por causa da restrição do bar onde o evento acontecerá. Outros ainda podem exigir que os participantes tenham entre 25 e 35 anos numa sessão, e 40 a 54 em outra sessão posterior na mesma noite.

Qualquer que seja a idade, a questão ainda permanece: o speed dating funciona? Pode ser. A ciência anda ocupada descobrindo fatos sobre o amor e a atração que podem apoiar o conceito de encontrar o amor em 10 minutos ou menos.

Na próxima seção, veremos a ciência por trás do amor.

O que é o amor?

Dependendo de como você se enquadra nas divisões - romântico, instruído/desesperançado, ardente ou veterano - o amor pode ser uma das duas coisas: um conjunto de processos eletroquímicos que acontecem dentro do cérebro, ou a mais importante e singular experiência celestial que meros mortais podem encontrar.

Desde o momento em que os humanos conseguiram expressar seus sentimentos, o amor sempre foi considerado uma experiência humana instintiva e sagrada. Na mitologia grega, Eros, o deus do amor romântico e sexual, era responsável pela interligação entre a terra (Gaia) e o céu (Urano); e foi essa ligação de amor que deu origem a muitos dos outros deuses que se seguiram [fonte: Enciclopédia Mítica (em inglês)].

Quando os romanos adotaram o panteão de deuses gregos, Eros tornou-se Cupido, a quem reconhecemos na maioria das vezes como um rechonchudo rapazinho com asas e um coldre de flechas, pronto para despertar o amor nos corações de deuses e mortais.

Cupidos à parte, os pesquisadores têm realizado progressivos estudos sobre o amor, como um conceito e uma função do cérebro. No século XXI está acontecendo um boom destes estudos, que apresentam diversas descobertas importantes sobre como funciona o amor.

Um dos campos de estudo investiga se pode existir o que chamamos de "amor à primeira vista". Em um estudo da Universidade do Estado de Ohio, cientistas descobriram que as pessoas podem dizer em um ou dois minutos se estão interessados num relacionamento com outra pessoa. Além disso, depois de nove semanas, descobriram que as idéias iniciais do potencial relacionamento serviram como um indicador preciso e justo sobre como a relação atual está se saindo.

Mas o amor à primeira vista é frívolo; tem base em fatores superficiais como atrativos físicos ou traços da personalidade. Por isso, o amor à primeira vista deve ser mais um desejo sexual do que um amor estável, não é? Não necessariamente. A pesquisa sugere duas coisas: que o amor à primeira vista pode servir como um ímpeto em direção ao amor de longo prazo, e que nossa própria opinião precoce sobre como nos sentimos a respeito de outro indivíduo pode ser um estímulo, para nos esforçarmos mais em ter um relacionamento com essa pessoa.

Visto que o speed dating apóia-se num conjunto de breves encontros com um número de pessoas, a base é, na verdade, apenas um desfile de chances de conseguir um sentimento inicial por outra pessoa e decidir se ele/ela merece ou não seu tempo. O objetivo não é conhecer outra pessoa para se encontrar em outro speed date. Em vez disso, a idéia é encontrar alguém com quem você gostaria de ter um encontro tradicional. Neste sentido, o speed dating serve mais como um pontapé inicial para um encontro normal do que como uma substituição deste.

Na próxima seção, examinaremos se o speed dating realmente funciona.

Como funciona o Speed Dating?

Estudos similares aos da Universidade do Estado de Ohio sugerem que o speed dating, teoricamente, deve funcionar. O speed dating é uma excelente abordagem para selecionar um parceiro, se conseguirmos, em apenas um minuto ou dois, determinar se a outra pessoa é um bom partido. Por que perder tempo com algum imbecil quando você já decidiu que nunca mais falará com ele de novo? O speed dating também oferece uma estrutura que - por sua brevidade - estimula um comportamento educado. Além disso, como uma campainha é acionada sempre que o tempo de conversa de um casal acaba, os participantes podem relaxar, sabendo que podem evitar todos os momentos embaraçosos do fim de um encontro.

Mas as regras de atração ainda são aplicadas no speed dating? Os psicólogos da Universidade da Pensilvânia examinaram mais de 10 mil respostas de clientes a partir da base de dados relacional da Hurry's Date e descobriram que, no contexto de um speed dating, as regras usuais de atração são abandonadas. Fatores como crença religiosa e renda - geralmente vistos com muita importância em encontros tradicionais - são substituídos por pistas comportamentais. Estas pistas dão uma base num conjunto em que o tempo é vital e decisões precisam ser tomadas em frações de segundos.

Os pesquisadores da Universidade da Pensilvânia determinaram que o formato de três minutos do Hurry Date's está além do necessário - três segundos é tudo o que se precisa, afirma um deles [fonte: Universidade da Pensilvânia (em inglês)].

Outro estudo conduzido pelos pesquisadores das Universidades de Harvard, Columbia e Stanford Business também descobriu que as mulheres, no ambiente do speed dating, jogam fora os requisitos tradicionais para um parceiro, como inteligência e sinceridade, e buscam, em vez disso, atrativos físicos. Isso vale também para os homens, o que não acarreta em mudanças, visto que estes tradicionalmente colocam os atrativos físicos no topo das qualidades desejáveis numa parceira.

O mesmo estudo também revelou que, num pequeno grupo de potenciais candidatos, a maioria das mulheres queriam ver qualquer um dos homens presentes. Mas, na medida em que o número de homens numa simulação de speed dating aumentava, o número de homens que as mulheres desejavam ver diminuía [fonte: Stanford Graduate School of Business (em inglês)].

Estudos científicos estão surgindo com consideráveis provas de que o speed dating realmente pode funcionar na seleção de um parceiro. Mas há também uma grande quantidade de evidências qualitativas que sugerem que o speed dating pode falhar. Alguns participantes de speed dating relatam que a cena é repleta de indivíduos vulgares e não-sinceros. Outros descobrem que os candidatos são desprovidos de alguma coisa. "Nunca vi tanto desespero junto num só lugar", relata um aluno que tentou participar de um speed dating em um evento na Universidade de Buffalo [fonte: Generation (em inglês)]. O speed dating, além de abranger breves encontros cronometrados, também exige que o participante fique sentando durante todo o encontro, com pequena ou nenhuma chance de fuga.

Em contraste absoluto a estas objeções, os sites de serviços de speed-dating são recheados de dados informais de que a técnica funciona. A maioria dos sites possui longas histórias de sucesso e mostruários de fotos de casamentos de casais que se encontraram através de seus serviços. O 8 Minute Dating (encontro de 8 minutos) ostenta que 62% de seus clientes encontraram um interesse mútuo com algum outro participante do speed dating. "Compare isto com um ambiente de bar!", desafia o site.

Para mais informações, veja a próxima página.

O speed dating na cultura popular

O speed dating é repleto de potenciais armadilhas e um reflexo óbvio da sociedade apressada em que se vive para a arte, não para imitá-la. Alguns dos lugares em que o speed dating apareceu são:

  • O Virgem de 40 Anos" - a personagem de Steve Carrell é convencida a tentar um speed dating, mas tem pouco sucesso.
  • "Hitch - Conselheiro Amoroso" - Eva Mendes faz uma tentativa de speed dating depois que Will Smith demonstra ser um imbecil.
  • "Speed Dating" - o filme irlandês de 2007 retrata o dia-a-dia de um homem que se vê viciado em speed dating.
  • "8 Minutes To Love" (8 Minutos Para Amar) - Sandra Oh descobre que seu noivo está num evento speed-dating. Ela lhe dá um speed date para reconquistá-lo.
  • "Yes, Dear" (Sim, Querida) - a premissa de um episódio da sitcom da CBS de 2003 é uma aposta entre duas personagens principais sobre quem consegue mais admiradores durante um evento speed-dating.
  • "How I Met Your Mother" (Como Eu Conheci Sua Mãe) - alguém na CBS gosta de speed dating. As estrelas deste show organizaram um evento speed dating no Grand Central Station na cidade de Nova York em 2005.
  • "O Graham Norton Show" - o lendário apresentador do talk show nortuno britânico envia suas câmeras para um evento de speed dating em Londres num dos episódios.
  • "Speed Dating the Musical" (Speed Dating - Musical) - esta peça teatral terá sua estréia mundial no Metropolis Performing Arts Center em Arlington, no dia 29 de março de 2008.

por Joshua Clark - traduzido por HowStuffWorks Brasil

Fonte: How Stuff Works

A sua avaliação vale!

Esta novidade sobre sites de encontros ajudou?
Se você tem perguntas ou sugestões para nos. Escreva à:
» critica@sites-encontros.com.pt

» Início     » Home