agências matrimoniais, traição, sites de encontros, classificados para solteiros - testamos para vocês
Logo: Teste sites de encontros, agências matrimoniais, anúncios para solteiros, anúncio erótico

Teste: Sites de encontros, agência matrimonial, anúncios eróticos, pulada de cerca,...

Novidades e testes das sites de encontros: China prende mais de 5 mil por pornografia na Internet

Home   |   Conselhos online dating   |   Novidades   |   Imprensa   |   Contacto

Novidades online dating do mundo dos solteiros em Portugal

01 de janeiro de 2010

China prende mais de 5 mil por pornografia na Internet

PEQUIM - A China prendeu mais de 5 mil pessoas por pornografia na Internet em 2009, disseram autoridades, prometendo endurecer ainda mais a política para a mídia online no novo ano, como um elemento chave da "segurança de Estado".

A China mantém uma censura rígida à Internet para coibir o que o governo considera conteúdo prejudicial, incluindo pornografia e violência.

Em dezembro, as autoridades ofereceram recompensas aos usuários de Internet que denunciassem sites com pornografia. Segundo os dados divulgados ontem à noite pelo Ministério de Segurança Pública, 5.394 pessoas foram detidas no ano passado por pornografia na Internet e 9 mil sites ilegais ligados à pornografia foram fechados.

O ministério, em declaração em seu site, não especificou se todos os detidos foram posteriormente processados. A China tem bloqueado sites de relacionamento social como Facebook e twitter.

No início deste ano, Pequim ameaçou punir grandes sites, incluindo os gigantes de buscas como Google e Baidu, alegando que a pornografia e outros materiais que podem corromper os jovens eram encontrados nos resultados das buscas.

As autoridades cortaram o acesso à Internet na região de Xinjiang, no extremo Oeste, após os atritos étnicos sangrentos na região em julho. O governo afirma que terroristas, separatistas e extremistas religiosos usaram a Internet, telefones e mensagens de textos de celulares para espalhar rumores e revolta em meio à onda de violência.

Fonte: estadao.com.br

A sua avaliação vale!

Esta novidade sobre sites de encontros ajudou?
Se você tem perguntas ou sugestões para nos. Escreva à:
» critica@sites-encontros.com.pt

» Início     » Home